PROJETO GUARDIÃO DO MAR

1ª Folder I.png

- A iniciativa tem como objetivo geral envolver pescadores artesanais e seus filhos no turismo sustentável como fonte de geração de renda. Estão envolvidos neste projeto duas associações: Arqimar (Associação da Comunidade dos Remanescentes de Quilombo da Ilha da Marambaia) e AMPIJ (Associação de Moradores e Pescadores da Ilha de Jaguanum), além da Capitania dos Portos de Itacuruçá e a APA Marinha Boto-Cinza do município de Mangaratiba. Serão selecionados pescadores e filhos com idade e escolaridade necessários para participar dos cursos e treinamentos que serão oferecidos pelo projeto.

É esperado que, ao final de seis meses, tenham sido capacitados 25 pescadores ou filhos de pescadores para obtenção de habilitação de MAC (Marinheiro Auxiliar de Convés), fornecido pela Capitania dos Portos. O MAC permitirá que os pescadores exerçam a profissão de aquaviário, que tem uma demanda crescente na região, devido a mudanças das atividades econômicas nos últimos dez anos. Essa nova profissão permitirá que  continuem vivendo da atividade no mar e perto das comunidades de origem. Outra oportunidade  é o turismo. Os participantes receberão o certificado de boas práticas da APA Marinha Boto-Cinza para operação do turismo de observação de golfinhos de pescadores com MAC.