quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Curiosidades do fundo do mar

O peixe palhaço (Amphiprion frenatus) apresenta coloração Vermelho-ferrugem, com listras verticais, cabeça curta, boca pequena e dentes pouco desenvolvidos. Este peixe passa todo o tempo perto das anêmonas do mar - que são animais invertebrados, geralmente confundidos com flores. O peixe palhaço dorme e se esconde do perigo no meio dos tentáculos venenosos das anêmonas e não é envenenado devido a uma camada de muco que recobre o peixe protegendo-o desse veneno. Alimentam-se de plâncton, algas, larvas, camarão e alguns pequenos peixes.
Os peixes palhaço nascem macho, mas dentro deles estão os orgãos reprodutores necessários para se tornarem fêmeas. Se a fêmea de um grupo morre, o macho dominante transforma-se em  fêmea e um dos machos não dominantes assume o comando.



Uma pareceria perfeita

Uma unidade familiar de peixes palhaços ocupam uma única anêmona-do-mar.  Ambos os peixes e anêmona se beneficiam da parceria. Os tentáculos protegem os peixes dos predadores, enquanto a anêmona se aproveita dos alimentos deixados cair pelos peixes. Estes também come os parasitas da anêmona e quando passam por entre os tentáculos, funcionam como uma ventoinha, aumentando a circulação da água, fornecendo assim, oxigênio à anêmona.


Nenhum comentário: